quarta-feira, 16 de novembro de 2016

14 Meses

Olá meninas, espero que todos estejam bem, por aqui todos nós estamos ótimos...

Ah minha pequena falante, que até então fala como um papagaio, começou a falar muito cedo, engatinha e só quer chão, interage super bem com o ambiente, é simpática e risonha, é meiga e carinhosa, a ela só faltava andar... Só faltava é passado!

Aos seus 14 meses minha princesinha começa a andar, inicialmente sendo incentivada pela papai, sempre que chegava do serviço Ma a colocava no chão e pacientemente e cuidadosamente deixava ela livre, ela caia, levantava, tentava seus passinhos, ai gente coração de mãe não aguenta não, Livia não é uma criança de chão, de colo muito menos, mas sempre estava no carrinho, na cadeirinha, no berço, obviamente talvez se tivesse ido antes para o chão houvesse andado mais cedo, porém não foi a realidade devido a friagem do chão, o tempo que tem se apresentado em São Paulo e as gripes. Foi o Ma que tomou a iniciativa de deixa lá no chão, deixar cair, levantar, cair, tentar, cair, acalmar e voltar pro chão, e ela queria sempre chão e mais chão, ficamos sentado no chão a incentivando de andar dos braços da mamãe que estava de um lado para os braços do papai que estava do outro lado, depois entraram a babá, a vovó que se sentiram mais confiante e passam a dar a ela a liberdade do chão e pronto aos 14 meses e meio posso dizer que Livia já anda mais segura, por bastante tempo, de um comodo a outro, hora cai, levanta e continua.

Minha Princesinha já vai conquistando seus passos, seus caminhos, sua liberdade de ir e vir...
Deixo com fotinhos!




Família acompanhada a irmã da Livia


Livia com a bisavó e a prima







quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Desabafando!

Olá meninas!

Tenho um assunto para falar rsrs**, eu não tenho comentado muito a respeito disso... Já disse muitas vezes que tenho uma irmã e ela é mãe de minha sobrinha mais velha o meu grande amor de menina que tem 8 anos de muita inteligencia kkkkk.
Minha irmã foi casada com o pai da Gege por 7 anos, fazem 2 anos e meio que se separaram... Após um ano desta separação minha irmã passou a se envolver com outra pessoa, isto é estão juntos a 1 ano e meio e desta relação vem vindo um fruto ai, ela esta gravida de 6 meses de um menininho que se chamará Davi, esta previsto que nasça até 07 de fevereiro, minha irmã tinha como decisão que jamais teria outro filho, mas mudou o parceiro e ela desejou uma nova gestação...
Não tenho falado muito a respeito disso e nem minha família, pois é uma grande surpresa esta gestação, não por nada, mas pelo parceiro, é uma pessoa super desestrutura, é uma relação super desestruturada, é um caso muito serio, muito serio mesmo, nem sei se tenho direito de comentar a respeito.

Desde que ela passou a relacionar-se com esta pessoa se afastou da família, deixou de frequentar nossas casas e nossas festas, vive dificuldade no relacionamento, financeira e etc.
Agora com a gravidez se aproximou novamente, vive muitas dificuldades e é duro assumir, mas a gravidez não foi comemorada pela família e não ouve uma aceitação de imediato.
Minha mãe que é mãe, que sempre aconselhou, pois a moça nunca foi fácil, segurou todas as pontas mesmo após casada, minha mãe sempre foi o pilar de minha irmã que sempre necessitou de ajudas, afinal seu ex marido tem uma profissão simples, Gege nasceu com muitos problemas de saúde, os custos eram altos e minha mãe sempre os ajudou muito e basicamente criou a neta, hoje mais que nunca Gege mora com minha mãe. Mas desta vez minha mãe não digeriu tão facilmente, não estava aceitando muitas coisas já a um tempo, são muitas cabeçadas desde a adolescência, casou melhorou e agora parece que volta a viver sua adolescência, diante desta situação minha mãe ficou imóvel, vem por ai um anjo, sem culpa de nada, que entre aspas carrega uma rejeição.

Porém cada dia uma pedrinha de gelo vai sendo quebrada, vamos presenteando com algo, ajudando com algo, falando mais sobre o assunto, perguntando como estão, ela vive um momento sensacional é uma gestação que deve ser respeitada, mas não há valor a isto, não tem brilho, a prioridade não são os filhos, ela mesma não se ajuda, não se modifica, gosta de viver como adolescente, será que os filhos terão que se adaptar a esta mãe e as rotinas dela.
Mas devagar vamos quebrando a barreira, minha mãe sendo mais receptiva, começa a comprar uns agradinhos, eu comprei a ela um macacão, um body com calça, sei que este baby não tem nada a ver e vem para uma família sem estrutura para receber, mas sei que podemos fazer a diferença a ele, espero que este misto dentro de nós se modifique quando olharmos em seus olhos, mas confesso que não tem sido fácil...

Estou organizando um chá de bebê a ela para curtir com a família, para que Davi sinta que será bem vindo, que ele jamais foi um problema, as situações e escolhas que nos aflige, logo dividirei com vocês este momento!

Confio em Deus que nosso coração esta transportando de amor por este anjo, apenas esta enclausurado diante do sofrimento que algumas pessoas nos proporcionam.

Como estamos?!

Bom dia Meninas!!!

Por aqui sumimos um pouquinho né!!!
Estava me refazendo, eu precisava me refazer, afinal tenho que contar-lhe a vocês que fui demitida. Apesar de ser algo que eu já esperava que iria acontecer em algum momento, já que há dois anos um novo sócio assumiu e muitas mudanças passaram a ocorrer na empresa, o primeiro contato com esta realidade é muito duro, chorei, fiquei chateada, mas fui muito mais forte do que fraca e para isto eu decidi encarar sozinha este momento, obviamente familiares e amigos sempre tem aquela palavra de conforto, mas eu não queria muito falar a respeito, decidi digerir a ideia sozinha... E o baque já passou. Já me refiz e quero aproveitar este fim de ano com minha Princesinha, curtir bastante cada momentinho e no próximo ano vamos a caça de novas oportunidades.

Minha Princesinha estava muito bem até o ultimo fim de semana quando pegou uma nova gripe, na terça feira ela estava bem enjoadinha, sem comer, passou a fazer tratamento com xaropinho e inalação, esta melhorando gradativamente, porém a gripe dela pegou em mim e hoje estou bem down rsrs**...

Já que fui mandada embora também estou migrando a Livia de plano de saúde, para um mais em conta, mais baratinho né.

Bom estas são as noticias por aqui, as deixo com fotinhos da minha Princesinha!